Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2521
Título: Longe da vista, mas perto do coração: O efeito mediador das experiências de recuperação na relação da fadiga com o conflito trabalho-família, em tripulantes de cabine
Autor: Rodrigues, Carolina Maria Chaves
Orientador: Oliveira, Teresa Cristina Clímaco Monteiro d'
Palavras-chave: Horários irregulares
Características do trabalho
Fadiga
Experiências de recuperação
Conflito trabalho-família
Tripulantes de cabine
Job characteristics
Fatigue
Recovery
Work home-conflict
Cabin-crew
Data de Defesa: 2013
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: O objetivo deste trabalho é estudar os potenciais antecedentes dos contextos laborais e extra-laborais da fadiga ocupacional. A literatura aponta os horários e características do trabalho como principais antecedentes laborais sendo que o interface trabalho família poderá igualmente contribuir para os níveis de fadiga reportados. Um total de 129 tripulantes de cabine participaram neste estudo que utilizou o CIS para avaliar a fadiga ocupacional (Bultmann et al, 2000), para medir as características do trabalho recorreu-se ao Job Content Questionnaire (Karasek, 1979), para medir as zexperiências de recuperação The Recovery Experience (Sonnentag & Fritz, 2007), as três escalas foram adaptadas por D’Oliveira (2012). Para avaliar o conflito trabalho-família recorreu-se ao S.W.I.N.G. (Geurts et al, 2005) adaptado por Pereira (2005). Os resultados pretendem explorar o efeito mediador que as experiências de recuperação exercem sobre a relação entre da fadiga e o conflito trabalho-família, bem como o efeito que as características do trabalho exercem sobre a fadiga. Para o efeito, recorreu-se à análise de equações estruturais, segundo variáveis manifestas. Verificou-se que o modelo de investigação proposto, não foi verificado devido à ausência de relação estatisticamente significativa entre as experiencias de recuperação e o conflito trabalho-família. No entanto, verificou-se uma relação estatisticamente significativa entre as características do trabalho e a fadiga.
ABSTRACT: The objective of this work is to study the antecedents of potential labor context and extra-occupational labor fatigue. The literature identifies work schedules and job characteristics as the main work antecedents and the work-family interface may also contribute to the levels of fatigue reported. A total of 129 cabin crew took part in this study used the CIS to assess occupational fatigue (Bultmann et al, 2000), to measure the work characteristics we used the Job Content Questionnaire (Ostry et al, 2001), and to measure recovery experiences we used The Recovery Experience Questionnaire (Sonnentag & Fritz, 2007). Thus, the three scales were adapted by D'Oliveira (2012), and to evaluate the work-family conflict we resorted to SWING (Geurts et al, 2005) adapted by Pereira (2005). The results explore the mediating effect that recovery experiences have on the relationship between fatigue and work-family conflict, as well as the effect of job characteristics have on fatigue. To this end, we used structural equation analysis, according manifest variables. Across this investigation, it was not verified a relation between recuperation experiences and work family conflict. However it was obtained a significative relation between work characteristics and fatigue.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Social e das Organizações, apresentada ao ISPA - Instituto Universitário
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2521
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
17968.pdf2,73 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.