Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2494
Título: Análise fatorial do inventário de burnout de Maslach (MBI-HSS) em profissionais portugueses
Autor: Vicente, Carla S.
Oliveira, Rui Aragão Gomes
Maroco, João
Palavras-chave: Burnout
Análise fatorial
Consistência interna
Propriedades psicométricas
Burnout syndrome
Maslach Burnout Inventory – Human Services Survey
Factorial validity
Reliability
Psychometric proprieties
Data: 2013
Editora: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Citação: Psicologia, Saúde & Doenças, 14, 152-167
Resumo: O Burnout corresponde a uma resposta prolongada a stressores interpessoais crónicos no trabalho, que sobrevém da perceção por parte do sujeito de uma discrepância entre os esforços realizados e os alcançados no seu trabalho. Pretende-se avaliar a validade fatorial e a fiabilidade do Maslach Burnout Inventory – Human Services Survey (MBI-HSS), quando aplicada a uma amostra de profissionais que trabalham no âmbito da intervenção social. O estudo foi composto por uma amostra de 363 profissionais que trabalham na área da intervenção social. A recolha de amostra ocorreu entre Janeiro a Março de 2011. Os instrumentos utilizados foram: o questionário sociodemográfico e o Maslach Burnout Inventory – Human Services (HSS). Os resultados obtidos com base na Análise Fatorial Confirmatória (AFC) corroboram que o Burnout, avaliado com o MBI-HSS, se ajusta a uma estrutura tridimensional. Para um bom ajustamento do modelo sugere-se a eliminação dos itens 5, 6, 7 e 22, uma vez que este modelo reduzido apresenta um ajustamento significativamente melhor à amostra, em estudo do que o modelo original. A consistência interna das dimensões exaustão emocional (0,84) e realização pessoal (0,70) do inventário foi aceitável, à exceção do fator despersonalização que apresentou valores muito baixos (0,59). O presente estudo revela que a versão adaptada do MBI-HSS produz estimativas de Burnout em profissionais que trabalham no Burnout âmbito da intervenção social com validade e fiabilidade razoáveis.
Burnout represents a prolonged response to chronic interpersonal stressors on the job, which comes from the perception by the subject of a discrepancy between the efforts and achieved in their work.The aim is to assess the reliability and factorial validity of the Maslach Burnout Inventory - Human Services Survey (MBI-HSS), when applied to a sample of professionals working in the social intervention.The study was composed of a sample of 363 professionals working in the area of social intervention. The sample collection occurred between January to March 2011. The instruments used were: sociodemographic questionnaire and the Maslach Burnout Inventory - Human Services (HSS). The results based on Confirmatory Factor Analysis (CFA) corroborate that Burnout, assessed with the MBI-HSS, fits a three-dimensional structure. A reduced version where items 5, 6, 7 and 22, were removed showed a significant better quality of fit to the sample under study than the original MBI-HSS. The internal consistency of dimensions of emotional exhaustion (.84) and personal accomplishment (.70) inventory was acceptable, except for the depersonalization factor that was low (.59). The present study shows that the MBI-HSS allows the estimation of burnout in professionals working in the social intervention with acceptable factorial validity and reliability.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2494
ISSN: 1645-0086
Aparece nas colecções:UIPS - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PSD_14_152-167.pdf370,33 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.