Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2477
Título: Reprodutibilidade de medidas antropométricas estáticas de graduandos de odontologia e de mochos odontológicos
Autor: Pinelli, Camila
Soares, Débora Dramis
Quirino, Lilian Caldas
Campos, Juliana Alvares Duarte Bonini
Garcia, Patrícia Petromilli Nordi Sasso
Palavras-chave: Reprodutibilidade dos testes
Antropometria
Odontologia
Reproducibility of results
Anthropometry
Dentistry
Data: 2011
Editora: Universidade Federal da Paraíba
Citação: Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada, 11, 21-27
Resumo: Objetivo: Avaliar a reprodutibilidade intra-examinador de medidas antropométricas estáticas de graduandos do curso de Odontologia, bem como características e medidas de regulagem de mochos odontológicos por eles utilizados. Método: Foram avaliados 40 voluntários e 6 tipos de mochos. Para tomada das medidas antropométicas, os equipamentos utilizados foram cadeira de escritório adaptada, trena flexível com duas hastes adaptadas, dispositivo metálico com ângulo central de 90º, barbante, prancha de madeira retangular medindo 35 x 24 cm, fita isolante e fita crepe. Para padronização do posicionamento da cadeira de escritório adaptada e dos pés dos voluntários foram feitas marcações com fita crepe e isolante no chão. Um fio de barbante foi amarrado na região da cintura de cada voluntário com o objetivo de demarcar a área correspondente à região renal, possibilitando a tomada da medida assento-região renal. As medidas antropométricas observadas foram altura, altura tronco-encefálica, medida sacro-poplítea, largura do quadril, altura poplítea e altura assento-região renal. As características do mocho avaliadas em relação ao assento foram profundidade, largura horizontal e altura mínima/máxima. Em relação ao encosto foram avaliados o ajuste mínimo/máximo de altura. As medidas antropométricas e medidas dos mochos odontológicos foram tomadas por um examinador, em dois momentos distintos, com o intervalo de uma semana entre as avaliações. Para estimar a reprodutibilidade intra-examinador foi utilizado o coeficiente de correlação intra-classe (ρ). Resultados: Verificou-se um excelente resultado de reprodutibilidade para todas as medidas antropométricas tomadas (ρ=0,99) bem como para os mochos odontológicos avaliados (ρ=0,99). Conclusão: A tomada de medidas antropométricas e dos mochos odontológicos foi reprodutível, podendo ser utilizada com confiança.
Abstract: Objective: To evaluate the intraexaminer reproducibility of static anthropometric measurements of undergraduate dental students as well as the characteristics and regulating measurements of the dental stools used by them. Methods: Forty volunteers and 6 types of dental stools were evaluated. For the anthropometric measurements the employed equipments were: an adapted office chair, a flexible measuring tape with two adapted rods, a metallic device with a 90 degree central angle, string, a 35 x 24 cm rectangular wooden board, isolating tape and crepe tape. In order to standardize the position of the adapted office chair and the volunteers’ feet, the floor was marked with the isolating and crepe tapes. A string was att ached to the waist of each volunteer to mark the area corresponding to the kidney region making it possible to measure the seat-renal region area. The examined anthropometric measurements were height, trunkcephalic heigh, sacral-popliteal distance (OK?), hip width, popliteal height and the seat-renal region height. The evaluated characteristi cs of the dental stools relative to the seat were depth, horizontal width and minimum/maximum height. The back of the dental stool was evaluated as for the minimum/ maximum height adjustment. The anthropometric and dental stool measurements were obtained by a single examiner at two moments with a 1-week interval between the evaluations. Intra-class correlati on coeffi cient (ρ) was used to estimate the intraexaminer reproducibility. Results: Excellent reproducibility was observed for all anthropometric measurements obtained (ρ=0.99) as well as for all dental stools evaluated (ρ=0.99). Conclusion: The method used to obtain the anthropometric and dental stools measurements was reproducible and can be used reliably.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2477
ISSN: 1519-0501
Aparece nas colecções:UIPS - Artigos em revistas internacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PBOCI_11_21-27.pdf400,24 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.