Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2465
Título: Dental caries and the nutritional status of preschool children – A spatial analysis
Autor: Campos, Juliana Alvares Duarte Bonini
Melanda, Edson Augusto
Antunes, Juliana da Silva
Foschini, Ana Lígia Rozato
Palavras-chave: Anthropometrics
Dental caries
Geostatistics
Nutritional status
Spatial analysis
Antropometria
Cárie dentaria
Geoestatística
Estado nutricional
Análise espacial
Data: 2011
Editora: ABRASCO
Citação: Ciência & Saúde Coletiva, 16 (10), 4161-4168
Resumo: Objective: This cross-sectional study sought to conduct a spatially analysis of the distribution of dental caries and the nutritional status (NS) of 5-year-old preschool children of public schools in the city of Araraquara, São Paulo, Brazil. Methods: The sample was selected in a stratified probabilistic manner. A dental examination was conducted to investigate the dmft index. The anthropometric indicators of the weight/ height (W/H), height/age (H/A), weight/age (W/ A) and body mass index (BMI) were calculated to estimate the NS. A descriptive statistical analysis was conducted and a thematic map was created. At the end of the study 491 children had full address codification. A GPS device was used to ascertain the geographic reference points. A pluridirectional semi-variogram was elaborated. Results: It was revealed that both variables presented a pure nugget effect showing the absence of a spatial correlation, in other words the dmft and nutritional status are not regionalized variables, and their values do not reveal direct spatial dependence. Conclusions: Dental caries and nutritional status are health conditions that do not reveal spatial dependence. Ultimately, the combination of these indicators with others can produce spatial dependence effects.
Resumo: Objetivo: analisar espacialmente a distribuição da cárie dentária e do estado nutricional (EN) de pré-escolares, de 5 anos de idade do município de Araraquara, SP. Métodos: Trata-se de estudo transversal com delineamento amostral probabilístico estratificado. Realizou-se exame clínico bucal para investigação do Índice ceod. Indicadores de peso para altura (P/A), altura para idade (A/I), peso para idade (P/I) e Índice de Massa Corpórea (IMC) foram calculados para classificação do EN. Realizou-se análise estatística descritiva e confeccionou-se mapa temático. Ao final do estudo 491 crianças possuíam codificação completa de endereço. A captura dos pontos de referencial geográfico foi realizada com o auxílio de aparelho de GPS. Elaborou-se semivariograma omini-direcional. Resultados: Observa-se que ambas variáveis apresentaram efeito pepita puro, ou seja, os valores da semi-variância oscila em torno da variância dos dados. Isso implica que as variáveis não são regionalizadas, sendo assim, seus valores não possuem dependência espacial direta. Conclusão: Cárie dentaria e estado nutricional são condições que não apresentam dependência espacial. Eventualmente a combinação destes indicadores com outros pode produzir efeitos de dependência espacial.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2465
ISSN: 1413-8123
Aparece nas colecções:UIPS - Artigos em revistas internacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CSC_16_4161.pdf195,24 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.