Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2339
Título: A relação entre factores psicológicos e as perturbações do comportamento alimentar na adolescência
Autor: Pinheiro, Maria Teresa Brum Prezado Damião
Orientador: Patrão, Ivone Alexandra Martins
Palavras-chave: Adolescência
Perturbações do comportamento alimentar
Factores psicológicos
Adolescence
Eating disorders
Psychological factors
Data de Defesa: 2012
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: Problema: A adolescência é marcada por profundas alterações biopsicossociais e constitui a fase do ciclo de vida de maior vulnerabilidade para o desenvolvimento de Perturbações do Comportamento Alimentar (PCA). Alguns estudos têm procurado relacionar esta problemática com factores psicológicos, tais como a Imagem Corporal, Autoconceito, Auto-estima e Ansiedade. No entanto, em Portugal os estudos nesta área parecem escassos e, por outro lado, observa-se alguma inconsistência nos trabalhos encontrados. Objectivo: Compreender a relação entre a Imagem Corporal, Autoconceito, Auto-Estima. Ansiedade e as PCA na adolescência. Método: Trata-se de um estudo quantitativo, transversal e correlacional, no qual participaram 80 adolescentes com idades compreendidas entre os 12 e 23 anos. Os instrumentos utilizados foram: Questionário Sociodemográfico, Inventário de Perturbação do Comportamento Alimentar (EDI-3), Perceived Competence for Adolescents e Spence Children's Anxiety Scale. Resultados: A percepção de excesso de peso (KW=31,024; p=0,000), insatisfação corporal (r=0,903; p=0,000), a diminuição da auto-estima (r=-0,693; p=0,000), do autoconceito global (r=-0,619; p=0,000) e da percepção de competência nos domínios da aparência física (r=-0,648; p=0,000), competência atlética (r=-0,470; p=0,000), competência escolar (r=-0,346; p=0,002), aceitação social (r=-0,349; p=0,002) e atracção romântica (r=-0,332; p=0,003). e o aumento de sintomas de ansiedade (r=0,384; p=0,000), sobretudo relacionados com a Fobia Social (r=0,433; p=0,000) e Pânico/Agorafobia (r=0,315; p=0,004). estão significativamente relacionados com o aumento risco de PCA. Por outro lado, a insatisfação corporal está associada à diminuição da auto-estima (r=0,903; p=0,000) e ao aumento de sintomas de ansiedade (r=0,364; p=0,001). Por fim, a insatisfação corporal, a auto-estima e a Fobia Social emergiram como fortes predictores de risco de PCA (R =86,1%). Conclusão: Os factores psicológicos estudados, para além de constituirem aspectos fundamentais no bem-estar dos adolescentes, devem ser considerados na compreensão prevenção de PCA nesta fase do ciclo de vida. ------- ABSTRACT ------- Problem: Adolescence is marked by profound biopsychosocial changes and is the phase of life cycle of increased vulnerability for the development of Eating Disorders (ED). Recent research has attempted to relate this issue with psychological factors such as Body Image, Self-Concept, Self-Esteem and Anxiety. However, in Portugal, studies in this área seem scarce and, moreover, there is some inconsistency in the studies found. Objective: Investigate the relationship between body image, self-concept, self-esteem. anxiety and ED in adolescence. Method: This is a quantitative, cross-sectional and correlational study, in which participated 80 adolescents aged between 12 and 23 years old. The instruments used were: Sociodemographic Questionnaire, Eating Disorders Inventory-3, Perceived Competence for Adolescents and Spence Children's Anxiety Scale. Results: The perception of overweight (KW=31,024; p=0,000), body dissatisfaction (r=0,903; p=0,000)5 decreased self-esteem (r= -0,693; p=0,000), global self-concept (r=-0.619; p-0,000) and perceived competence in physical appearance (r=-0,648; p=0,000)s athletic competence (r=-0,470; p=0,000), scholastic competence (r=-0;346; p=0,002), social acceptance (r=-0,349; p=0,002) and romantic attraction (r=-0,332; p=0,003), and increased symptoms of anxiety (r=0,384; p=0,000), especially related to Social Phobia (r=0,433; p=0,000) and Panic/Agoraphobia (r=0,315; p=0,004), are significantly related with increased risk of ED. Moreover, the body dissatisfaction is associated with decreased self-esteem (r=0,903; p=0,000) and increased anxiety symptoms (r=0,364; p=0,001). Finally, body dissatisfaction, self-esteem and social phobia emerged as strong predictors of risk of ED (R2=86,l%). Conclusion: The psychological factors studied, besides being significant aspects in the adolescents' welfare, mustbe considered in preventing ED in.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário, na especialidade de Psicologia Clínica
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2339
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
14926.pdf1,53 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.