Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2327
Título: Entre fronteiras: A inscrição da cultura no processo de tornar-­se mãe
Autor: Roberto, Sandra Gaspar
Orientador: Marques, Maria Emília
Palavras-chave: Subjectividade materna
Cultura
Espaço intermediário
Narrativas de associação livre de ideias
Maternal subjectivity
Culture
Intermediate space
Narratives of free association of ideas
Data de Defesa: 2012
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: Tornar-se mãe é a expressão usada para pensar as mulheres que se tornam mães, inevitavelmente, implicadas em profundas transformações psíquicas e recriadas na especificidade da subjectividade materna. Este estudo, situado num paradigma de investigação psicanalítico, procurou compreender as ligações entre a subjectividade materna e a cultura, aqui entendida enquanto constituinte psíquico, sob a forma de espaço intermediário. Através do método das narrativas de livre associação de ideias, procuramos compreender as ligações acima referidas, numa mulher Cabo-verdiana, tendo sido promovidos três encontros; dois, antes do bebé nascer e, outro, 6 meses após o nascimento. A análise das narrativas e a respectiva discussão permitiram dar conta das transformações psíquicas decorridas ao longo deste processo e a articulação entre estas e a cultura. Decorrente da especificidade da subjectividade, encontramos, nesta mulher, a possibilidade de reflectir sobre o impacto das representações culturais inconsistentes nas transformações psíquicas ligadas à subjectividade materna e ao processo de tornar-se mãe. ------ ABSTRACT ------- Becoming mother is the expression used to think about women who become mothers, inevitably, involved in profound psychic changes that are recreated in the specificity of maternal subjectivity. This study, set in a paradigm of psychoanalytic research, sought to understand the links between maternal subjectivity and culture, understood here as a psychological constituent, in the form of intermediate space. Through the narratives of free association of ideas, we seek to understand the links described above, on a Cape Verdean woman, having been promoted three encounters; two, before the baby is born, and another, 6 months after birth. The analysis of the narratives and the related discussion allowed to highlight the psychic transformations throughout this process and the relationship between them and the culture. Resulting from the specificity of subjectivity, we found in this woman, the opportunity to reflect on the impact of inconsistent cultural representations in maternal subjectivity and in the becoming mother process as a whole.
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário, na especialidade de Psicologia Clínica
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2327
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
18035.pdf723,28 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.