Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2318
Título: Aprendizagem nas organizações
Autor: Fagulha, Ana Cláudia Toscano
Orientador: Oliveira, Teresa Cristina Clímaco Monteiro d'
Palavras-chave: Valores cooperativos
Valores competitivos
Interdependência
Independência
Segurança Psicológica
Data de Defesa: 2012
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: O presente estudo tem como finalidade estudar três variáveis que influenciam a aprendizagem nas organizações. Mais concretamente, pretende-se analisar a relação entre o estilo de gestão de conflitos utilizado (valores cooperativos vs valores competitivos) e a forma como as tarefas estão estruturadas nas empresas (interdependência vs independência). A par disso, pretende-se fornecer evidências empíricas sobre o papel moderador da segurança psicológica nessa mesma relação. Assim, definimos as seguintes hipóteses: (H1) A segurança psicológica tem um efeito moderador entre a interdependência e os valores cooperativos; e (H2) A segurança psicológica tem um efeito moderador entre a independência e os valores competitivos. Para a concretização deste estudo, utilizou-se um design correlacional, que contou com a colaboração de 107 participantes dos setores: saúde, serviços e fabril. As análises estatísticas realizadas revelam que não existe uma relação significativa entre a estrutura das tarefas e o estilo de gestão de conflito, não tendo sido possível, por isso, avançar para o teste de moderação. Verificou-se, ainda assim, que quanto maior é a interdependência de tarefas maior é a segurança psicológica e a cooperação da equipa. Já a independência, em oposição, promove a omissão de erros e a desconfiança entre os elementos, reforçando, dessa forma, a competitividade da equipa. Neste sentido, conclui-se que a aprendizagem nas organizações é, de facto, um processo sobretudo relacional, pelo que devem ser canalizados esforços para se promover o envolvimento e o compromisso entre os elementos de uma equipa.------ABSTRACT-----The present study aims to examine three variables that influence learning in organizations. More specifically, we intend to analyze the relationship between the style of conflict management used (cooperative vs. competitive values) and how tasks are structured in companies (independence vs. interdependence). In addition, we intend to provide empirical evidence of the moderating role of psychological safety within that relationship. Thus, we define the following hypotheses: (H1) The psychological safety has a moderating effect between interdependence and cooperative values; and (H2) The psychological safety has a moderating effect between independence and competitive values. To do so, we used a correlational design, which featured a collaboration of 107 participants from the following sectors: health, services and manufacturing. The statistical analysis shows that there isn‟t a significant relationship between the structure of the tasks and the style of conflict management, therefore, it was not possible proceed to moderation test. It was found nevertheless that the greater the interdependence of tasks is, the greater psychological security and cooperation of the team. Independence, in opposition, promotes omission errors and mistrust between the employees, reinforcing thus the competitiveness of the team. The results show that learning in organizations is, in fact, a process mainly relational, therefore the organizations must promote the involvement and commitment between the elements of a team.-
Descrição: Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário, na especialidade de Psicologia Social e das Organizações.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2318
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
15407.pdf2,28 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.