Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2269
Título: Modelo de crenças de saúde e o locus de controlo da saúde face ao rastreio do cancro colo-rectal
Autor: Nunes, Ana Sofia Soares Dias
Palavras-chave: Cancro colo-rectal
Rastreio
Crenças de saúde
Locus de controlo de saúde
Colorectal cancer, screening
Health beliefs
Health locus of control
Data de Defesa: 2012
Editora: ISPA - Instituto Universitário das Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Resumo: O objetivo desta investigação foi identificar e caracterizar as variáveis que se encontram relacionadas com a adesão ao rastreio do cancro colo-rectal (CCR) em sujeitos portugueses com 50 ou mais anos de idade. Participaram 271 sujeitos do género feminino e masculino, variando as idades entre os 50 e 90 anos. Para a avaliação das variáveis psicológicas foram utilizadas adaptações para a língua portuguesa da Escala Crenças de Saúde sobre o CCR (Jacobs, 2002) e da Escala Multidimensional Locus de Controlo da Saúde (Rodriguez-Rosero, Ferriani e Coleta, 2002). Através da regressão logística verificou-se que uma maior perceção de ‘Benefícios’ e ‘Gravidade Consequências’, receber uma recomendação médica e ter uma história familiar de CCR, constituem preditores significativos na adesão ao rastreio do CCR para a amostra em estudo. A perceção de ‘Obstáculos’ é a única subescala que revela diferenças estatisticamente significativas entre os que realizaram um exame de rastreio dos que não realizaram, sendo que os sujeitos que já aderiram ao rastreio percecionam menos obstáculos. ------- ABSTRACT ------ The purpose of this study was to identify and describe the variables associated with the adherence to colorectal cancer (CCR) screening among Portuguese subjects aged 50 or more years old. A total of 271 women and men between the ages of 50 and 90 years old agreed to participate in this study. The measurement of the psychological variables was made using Portuguese adaptations of the Health Belief Model of Colorectal Cancer Scale (Jacobs, 2002) and the Multidimensional Health Locus of Control Scale (Rodriguez-Rosero, Ferriani e Coleta, 2002). According to the logistic regression analysis, having an increased perception of ‘Benefits’ and ‘Barriers Consequences’ receiving a physician recommendation and family history of CCR were strong predictors of adherence to CCR screening. The perception of ‘Barriers’ was the only dimension that showed statistically significant differences between subjects who had a screening test and those who didn’t. The subjects who already received colorectal screening perceive fewer barriers.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2269
Aparece nas colecções:PBIO - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
14486.pdf688,09 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.