Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2264
Título: Estudo de processos psicanalíticos com o PQS: Diferenças na acção terapêutica de acordo com a personalidade do paciente
Autor: Marques, Margarida Franco Coimbra
Palavras-chave: Processo psicanalítico
Psychotherapy process Q-set
Psychoanalytic process
Psychotherapy process Q-set
Data de Defesa: 2012
Editora: ISPA - Instituto Universitário das Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Resumo: Desde os primórdios, a psicanálise ocupou-se do estudo do processo terapêutico do ponto de vista clínico. Devido à complexidade destes fenómenos, difíceis de abordar de forma empírica, têm sido criados instrumentos para a investigação sistemática do processo terapêutico, tentado criar parâmetros científicos de rigor. O Psychotherapy Process Q-set (PQS, Jones, 2000) surge para corresponder a estes requisitos, com o sentido de tornar objetivas as impressões e formulações derivadas de uma quantidade substancial de material clínico, preservando a sua profundidade e complexidade, e permitindo a sua classificação de uma forma adequada para a análise quantitativa. Reviu-se a literatura sobre o PQS e concluiuse que este tem vindo a ser eficazmente utilizado para identificar: quais os processos que influenciam o tratamento, como estes processos mudam ao longo do tempo, e como estão associados com os resultados terapêuticos. ------ ABSTRACT ------- Since the beginning, psychoanalysis took up the study of the therapeutic process from a clinical standpoint. Due to the complexity of these phenomena, and the difficulty to address them empirically, there has been an effort to develop instruments that allow the systematic investigation of the therapeutic process, in order to create parameters of scientific rigor. The Psychotherapy Process Q-set (PQS, Jones, 2000), was developed to meet these requirements, objectifying impressions and formulations derived from a substantial amount of clinical material. The present study intends to be a literature review on this instrument, designed to preserve the depth and complexity of the therapeutic process, and at the same time, allowing a way of rating it, in a form suitable for quantitative analysis. We concluded that the PQS has been effectively applied to describe: what are the processes that influence treatment, how do these processes change over time, and how are they associated with outcome.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2264
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
13981.pdf2,13 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.