Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2257
Título: Relação entre os requisitos do trabalho emocional e a dissonância emocional em diferentes sectores de actividade - Enfermeiros e professores
Autor: Correia, Ana Teresa Maurício
Palavras-chave: Trabalho emocional
Dissonância emocional
Professores
Enfermeiros
Emotional labor
Emotional dissonance
Teachers
Nurses
Data de Defesa: 2012
Editora: ISPA - Instituto Universitário das Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Resumo: O presente estudo tem como finalidade analisar se existem diferenças significativas entre alguns dos requisitos do Trabalho Emocional (exigências em expressar emoções que vão de encontro às regras organizacionais) em diferentes sectores de actividade (enfermeiros e professores) e se existe uma relação entre esses mesmos requisitos na Dissonância Emocional (discrepância entre as emoções sentidas e manifestadas por parte dos trabalhadores). Para tal, foram convidados a participar, 125 profissionais destes dois sectores de actividade e aplicada a Escala do Trabalho Emocional de Frankfurt (“Frankfurt Emotion Work Scales – FEWS”), de Zapf. et al. (1999). Numa primeira fase foi conduzida uma análise factorial exploratória para as quatro subescalas em estudo (“Expressão de Emoções Positivas (EP)”, “Expressão de Emoções Negativas (EN)”, “Normas de Sensibilidade Emocional (NSE)” e “Dissonância Emocional (DE)”). Numa segunda fase foi realizada uma MANOVA com o objectivo de verificar se existem diferenças significativas entre os requisitos do Trabalho Emocional, avaliados pelas 4 subescalas e respectivas dimensões, nos diferentes sectores de actividade. Posteriormente, através do método de Correlações e Regressão Linear Múltipla, verificou-se se alguns dos requisitos do Trabalho Emocional e respectivas dimensões (“EP – globais e específicas”, “EN – globais e específicas” e “NSE”) eram preditores da “Dissonância Emocional” nos vários sectores de actividade. Os resultados sugerem que existem diferenças significativas entre os requisitos do trabalho emocional nos dois sectores de actividade, nomeadamente a nível das “EP globais”, “EN globais” e “NSE”. No caso dos enfermeiros apenas os requisitos relativos às “EP globais”, às “EN globais e específicas”, são preditores da Dissonância Emocional. Nos professores os requisitos que são preditores da Dissonância Emocional dizem respeito às “EP globais e específicas”. As implicações para estudos futuros e aplicações práticas serão apresentadas e discutidas. ------ ABSTRACT ------ The current study was designed to examine the existence of significant differences between some determinants of Emotional Labor (demands in expressing the emotions which meet some organizational rules) in distinguished areas of activity (nurses and teachers) and also the possible influence of these same demands in Emotional Dissonance (the gap between the emotions experienced and expressed by the workers). Therefore, 125 participants of the sectors previously mentioned were appropriately assigned. Each participant completed the “Frankfurt Emotion Work Scales – FEWS” - Zapf. et al. (1999). At first was carried out an exploratory factor analysis for the four scales in study (“Display of Positive Emotions (PE)”, “Display of Negative Emotions (NE)”, “Demands for Sensitivity (DS)” and “Emotional Dissonance (ED)”). In a second stage was held a MANOVA in order to examine whether there are differences between the Emotional Labor requirements, assessed by the four subscales and their dimensions, among the different areas of activity. Lastly, through the method of Correlation and Multiple Linear Regression, was verified if some of the Emotional Labor requirements and their dimensions (“EP – global and specific”, “EN – global and specific” and “NSE”) were predictors of the “Emotional Dissonance” between the diverse areas of activity. The results point out that there are significant differences between the Emotional Labor requirements in both areas of activity, particularly in the “global PE”, “global NE” and “DS”. On nurses only the requirements related to the “global PE” and “global and specific NE” emerges as predictors of Emotional Dissonance. On the other hand, for teachers the requirements that appear as predictors of Emotional Dissonance are the “global and specific PE”. The significance in future studies and the practical applicability will be presented and discusses later in.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Social e das Organizações
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2257
Aparece nas colecções:PORG - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
12296.pdf2,83 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.