Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2256
Título: Antecedentes do bem-estar em tripulantes de cabine: Características do trabalho, fadiga e experiências de recuperação
Autor: Mathäβ, Simone Carina Ramos
Palavras-chave: Bem-estar no trabalho
Características do trabalho
Fadiga
Trabalho emocional
Experiências de recuperação
Work well-being
Job characteristics
Fatigue
Emotion work
Recovery experiences
Data de Defesa: 2012
Editora: ISPA - Instituto Universitário das Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Resumo: O presente estudo utilizou uma amostra de 108 Tripulantes de cabine para testar a hipótese de que a relação entre as Características do Trabalho, nomeadamente Horários e Carga de Trabalho, Características da Tarefa e Trabalho Emocional, a Exaustão Emocional, as Experiências de Recuperação e o Bem-Estar no Trabalho seriam mediadas pela Fadiga. Colocou-se como segunda hipótese o facto de a fadiga poder mediar também a relação entre as Experiências de Recuperação e o BET, motivo pelo qual controlámos os seus efeitos. Após análises fatoriais que permitiram distinguir todas as dimensões componentes dos preditores, criou-se um modelo preditivo do BET, com recurso a regressões lineares múltiplas. Os resultados convergiram para um modelo preditivo do BET, no qual se destacaram como preditores as Exigências Psicológicas de Competências (Características da Tarefa), a Exaustão Emocional e os Resultados Individuais (Fadiga), explicando a sua variabilidade em 60,7%. A Fadiga apesar de contribuir para a predição do BET, exerce apenas um mediação parcial. Relativamente às Experiências de recuperação, principalmente o Relaxamento, quando analisadas sozinhas são preditores tanto da Fadiga como da Exaustão Emocional, efeito que desaparece com sobreposição das demais variáveis consideradas preditores neste estudo, não verificando um efeito mediador sobre o BET. ------ ABSTRACT ------ This study aimed to test the hypothesis of the mediating role of Fatigue in the relation between Job Characteristics (Work hours, Workload; Task Characteristics, Emotion Work), Emotional Exhaustion, Recovery Experiences and Work Well-being. A second hypothesis considering the mediating role of Fatigue in the relation between Recovery Experiences and Work Well-being was tested. Factorial analysis were undertaken to extract the dimension of all variables and thereby to develop a predictive model of Work Well-being, which predictors, namely Psychological Skill Demands (Task Characteristics), Emotional Exhaustion and Individual Results (Fatigue), accounted for the explanation of 60,7% of the variance in Work Well-being. Recovery Experiences, when alone, predicted Fatigue and Emotional Exhaustion, effect that faded out as soon as the remaining variable were entered into the model, not confirming the hypothesized mediating role above Work Well-being.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2256
Aparece nas colecções:PCLI - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
11856.pdf520,97 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.