Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/212
Título: Desenvolvimento e aprendizagem da ortografia: Implicações educacionais
Autor: Martins, Maria Inês de Vasconcelos Braga Horta
Martins, Margarida Alves
Palavras-chave: Desempenho ortográfico
Normas ortográficas
Conhecimento metalinguístico.
Orthographic performance
Orthographic norms
Metalinguistic knowledge
Data: 2004
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Citação: Análise Psicológica, 22(1), 213-223.
Resumo: Neste trabalho procurou-se compreender se os erros ortográficos dados por crianças que frequentam o 1.º ciclo variam em função do seu desempenho ortográfico e do ano de escolaridade que frequentam e de que modo o conhecimento das normas ortográficas se relaciona com o desempenho ortográfico. Os participantes neste estudo foram 43 crianças que frequentavam o 3.º ano de escolaridade no início do estudo. Trata-se de um estudo longitudinal em que estas crianças foram seguidas durante dois anos lectivos. Para avaliar o tipo de erros dados pelas crianças realizou-se a mesma tarefa de ditado nos dois anos de escolaridade. Para avaliar o nível de explicitação das normas ortográficas, realizou-se uma entrevista às crianças com melhores e piores desempenhos ortográficos no 4.º ano. Os resultados mostram que as crianças diminuem os erros do 3.º para o 4.º ano, apesar dos erros não serem qualitativamente diferentes nos dois anos de escolaridade. Mostram também que existem diferenças qualitativas entre os erros dados por alunos com bons e maus desempenhos ortográficos. Mostram, finalmente, que existem diferenças na capacidade de reflexão sobre os erros ortográficos em função do desempenho ortográfico. ****ABSTRACT***** The aim of this study was to understand if spelling mistakes made by primary-school children vary according to their orthographic performance and school year and to analyse the relation between knowledge of orthographic norms and orthographic performance. The participants in this study were 43 children which were in the 3rd grade when the study began. It was a longitudinal study which accompanied them throughout 2 school years. In order to assess the kind of mistakes made by the children, the same dictation task was performed in the two years. In order to evaluate the level of knowledge of orthographic norms, the children with the highest and lowest orthographic performances in the 4th grade were interviewed. The results show that the number of mistakes decreases from the 3rd to the 4th grade, even though the mistakes made are not qualitatively different in the two years. They also demonstrate that there are qualitative differences between the mistakes made by pupils with good and bad orthographic performances. Finally, they show that children’s capacity to think about spelling mistakes varies according to their orthographic performance.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/212
Aparece nas colecções:PEDU - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AP 22(1) 213-223.pdf50 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.