Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/2059
Título: Escolarização e modos de integração na formação social portuguesa (1950-1978)
Autor: Grácio, Sérgio
Data: 1982
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Citação: Análise Psicológica, 3 (4), 473-495
Resumo: O papel integrador dos processos de escolarização não se reduziria ao seu contributo para a interiorização dos destinos objectivos de classe, a formação dos agentes dotados das disposições adequadas à sua futura posição social e a legitimação da hierarquia social: a expansão de um sistema escolar numa formação social teria igualmente por efeito colocar um número crescente de indivíduos em concorrência entre si, gerando expectativas sociais que constituem a mediação subjectiva através da qual se realiza em boa parte o modo de integração característico das sociedades industrializadas e orientadas para a reprodução das desigualdades. É o que o autor procura mostrar através dos resultados de um pequeno inquérito realizado sobre as inspirações profissionais de alunos da segunda fase de uma escola primária, a análise de certo discurso educativo de responsáveis dos anos 60 e o exame das relações entre as transformações da estrutura de classes e as transformações do sistema escolar. Por outro lado, as actuais « disf unções» do sistema escolar (anos 70)só podem ser apreendidas diacronicamente, isto é, por oposição ao carácter integrador dos seus efeitos no período imediatamente anterior.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/2059
ISSN: 0870-8231
Aparece nas colecções:PEDU - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
1982_4_473.pdf2,05 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.