Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/1894
Título: Aquisição da prosódia I: Uma categorização das produções sonoras de e para a criança
Autor: Vigário, Marina
Frota, Sónia
Data: 1992
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Citação: Análise Psicológica, 10 (4), 457-478
Resumo: Este estudo aborda um conjunto de aspectos da aquisição da prosódia. A escassez de trabalhos sobre aquisição do Português, corresponde a (quase) inexistência de trabalhos sobre aquisição da prosódia nesta língua. Assim, este estudo contribui para o avanço do conhecimento tanto na área da aquisição, como na área da prosódia. Observamos um corpus constituído por 304 unidades, correspondendo a produções sonoras de uma criança e respectiva mãe, recolhidas entre os 8 dias e os 24 meses da criança. Estas unidades foram sujeitas a uma análise perceptiva e acústica, com o objectivo de verificar as seguintes hipóteses: (1) 6 possível estabelecer uma tipologia das produções vocais da criança, definida a partir de parâmetros acústicos (frequência fundamental e tempo); (2) É possível estabelecer dois tipos de categorização perceptiva das produções da criança e da mãe: uma de natureza de$,- critiva (apreensão dos contornos entoacionais); outra de natureza formaVfuncional (apreensão dos «tipos o e das «funções» frásicas). A análise efectuada conduziu-nos a confirmaçbo das hipóteses colocadas e permitiu-nos salientar aspectos como: (I) o momento da emergência das produções linguísticas; (11) a importância da prosódia para se conferir estatuto linguístico as produçõw sonoras; (111) a unidade/simplicidade prosódica caracterizadora do discurso da criança versusa complexidade/diversidade caracterizadora do discurso materno. ------ ABSTRACT ------ This article focuses on a few aspects of the acquisition of prosody, a subject that is almost unstudied as far as the portuguese language is concerned. The authors have observed a corpus of 304 sound sequences produced by a child and his mother during the child’s first two years of life. These units have been analised perceptually and acoustically so that the following hypotheses could be tested (1) It is possible to establish categories of the child’s vocal productions defined by means of acoustic parameters (such as the fundamental frequency and fempo); (2) It is possible to categorize perceptually the sequences of discourse produced by the child and the mother into different sets of categories: a descriptive one related to the sound impression of the intonational contour and a formaVfunctiona1 one related to sentence type and function. The hypotheses put forward have been confirmed and several aspects of the acquisition of prosody have been highiighted, i.e. (I) the appearance of the child’s first linguistic productions, (11) the important role of prosody in the recognition of the iinguistic nature of the child’s productions, (111) the prosodic unity/ /simpiicity of the child’s discourse vem the prosodic diversity/complexity of the mother’s discourse.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/1894
ISSN: 0870-8231
Aparece nas colecções:PDES - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
1992_4_457.pdf1,41 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.