Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/1843
Título: Comparação de modelos da teoria de resposta ao item (TRI) na validação de uma prova de dependência-independência de campo
Autor: Vieira, Maria João
Ribeiro, Rui Bártolo
Almeida, Leandro da Silva
Palavras-chave: Teoria da resposta ao item (TRI)
Dependência-independência de campo
Validade
Testes
Item response theory (IRT)
Field dependence-independence
Validity
Tests
Data: 2011
Editora: Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica
Citação: Avaliação Psicológica, 10 (1), 63-70
Resumo: O presente estudo analisa itens de uma prova que avalia o construto dependência-independência de campo – Testes “Padrão” – à luz dos modelos de um, dois e três parâmetros da Teoria de Resposta ao Item (TRI). Utilizou-se uma amostra de 1.918 candidatos ao Curso de Pilotagem Aeronáutica da Academia da Força Aérea Portuguesa. Efetuou-se uma análise fatorial por informação completa com o intuito de verificar as pré-condições da TRI, a qual indicou a existência de dois fatores. Posteriormente, analisou-se cada um dos fatores à luz dos modelos unidimensionais da TRI, revelando-se que a divisão dos dois fatores está relacionada com a dificuldade dos itens, e que os itens mais fáceis são aqueles nos quais a figura-alvo não se encontra em nenhuma das figuras padrão. Concluiu-se que o Subteste 2 se revelou o mais indicado para avaliar o construto, e sugere-se que sejam acrescentados itens fáceis, para que o teste seja mais adequado a sujeitos com baixos níveis de aptidão. ----- ABSTRACT ------ This study analyzes the items of the test Patterns which assess the construct of field dependence-independence - Test. Data were analyzed in the light of one, two and three parameters of Item Response Theory (IRT). We used a sample of 1918 candidates for the instruction at the Portuguese Air Force Pilot Academy. We conducted a full information factor analysis in order to verify the preconditions of IRT that indicated the existence of two factors. Then we examined each factor in light of unidimensional IRT models that revealed that the division of the two factors is related to the item difficulty and that the easiest items are those in which the target figure is not in any of the standard figures. It was concluded that the subtest 2 proved to be the most suitable for assessing the construct, and it is suggested the addition of easier items so that the test is more suitable for individuals with low ability levels.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/1843
ISSN: 1677-0471
Aparece nas colecções:MTI - Artigos em revistas internacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AP 2011 10(1) 63-70.pdf171,32 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.