Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/1790
Título: Autoavaliação das competências de informação em estudantes universitários: validação portuguesa do IL-HUMASS (Parte II)
Autor: Lopes, Carlos Alberto
Pinto, Maria
Palavras-chave: Literacia da informação
Estudantes universitários
Estudos psicométricos
Validade
Fiabilidade
IL-HUMASS
Data: 2012
Editora: APBAD
Citação: 11º Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas "Integração, Acesso e Valor Social"
Resumo: Nas últimas décadas foram feitos grandes esforços para definir, conhecer e avaliar quais são as competências informativas que os estudantes universitários necessitam para poder progredir na sua aprendizagem e na sua inserção no mercado laboral. Apesar do argumento de que os avanços tecnológicos facilitaram o acesso à informação, existe uma preocupação constante, porque os estudantes universitários não possuem competências suficientes para gerir e usar a informação: gerem quantidades enormes de informação através da Internet, mas não sabem o que fazer com ela, como avaliá-la, de que modo devem usá-la ou aproveitá-la de forma estratégica e ética. O questionário IL-HUMASS sobre literacia da informação foi concebido e desenhado com o objetivo de avaliar competências de informação e para ser aplicado à população de estudantes, professores e profissionais da informação dos diversos níveis na área das Ciências Sociais e Humanas nas universidades espanholas e portuguesas. Contém 26 itens agrupados em quatro categorias (pesquisa, avaliação, processamento e comunicação e difusão da informação) e em três dimensões de autoavaliação (importância, autoavaliação e fonte favorita de aprendizagem). A avaliação das qualidades psicométricas do IL-HUMASS para Português foi feita numa amostra de 926 estudantes universitários portugueses. A análise fatorial exploratória do questionário indicou um ajustamento aceitável, apoiando a estrutura original composta por quatro categorias para cada dimensão. O IL-HUMASS apresentou características psicométricas aceitáveis de consistência interna (o α de Cronbach variou entre .77 e .84) e validade de construto. As caraterísticas psicométricas do IL-HUMASS validam a sua utilização no nosso país em estudos que requeiram a avaliação de múltiplos indicadores, apresentando-se como particularmente útil para avaliar e diagnosticar competências em literacia da informação. Conclui-se com um diagnóstico do nível de competências de informação dos estudantes universitários, destacando algumas forças e debilidades, assim como uma proposta de intervenção subjacente nas oportunidades de melhoria e de necessidades de aprendizagem.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/1790
Aparece nas colecções:OUTRAS - Actas de reuniões cientificas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
468-1210-1-PB.pdf1,1 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.