Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/1769
Título: Eficácia percepcionada e resultados de parcerias comunitárias
Autor: Moniz, Maria João Vargas
Orientador: Morgado, José
Palavras-chave: Psicologia comunitária
Parcerias
Eficácia percepcionada
Colaboração
Investigação multinível
Communitary psychology
Coalitions
Perceived effectiveness
Collaboration
Multilevel Research
Data de Defesa: 2012
Editora: ISPA - Instituto Universitário das Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Resumo: As parcerias comunitárias são estruturas privilegiadas para a adopção de recursos sociais e abordam problemas que uma organização, serviço ou população não podem autonomamente resolver ou ultrapassar. Com este estudo desenvolvido através de uma abordagem de investigação multi-método, procurou-se explorar as antinomias e complementaridades das abordagens preventivas e de resposta directa articulada às situações de abuso ou negligência de crianças e jovens através das Comissões de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ’s). Foram conduzidas trinta e três entrevistas-chave, a nível nacional, com presidentes das Comissões ou um representante por este designado, procurando compreender as suas prioridades, como consideram ter alcançado os objectivos a que se propunham e documentar os seus esforços para promover uma colaboração frutífera com a comunidade e 244 questionários de eficácia percepcionada foram validados para a prossecução deste estudo, a membros das referidas CPCJ’s. O estudo destas parcerias a partir de um mesmo enquadramento legal (Lei 174/ 99 1 de Setembro), permitiu a análise da implementação de uma mesma proposta em contextos diversificados, tendo sido possível compreender a diversidade e a confluência de padrões organizacionais e procedimentais. Os resultados demonstraram a variabilidade das realidades em função da localização geográfica das Comissões (urbanas, rurais, mistas), como o tempo de funcionamento, remetendo para a experiência acumulada também influencia os resultados e que as variáveis associadas ao clima social (partilha de poder no processo de decisão, a resolução de conflitos, a liderança inclusiva e a presença de uma missão partilhada) tem uma influência positiva significativa na eficácia e na influência percepcionada pelo trabalho em parceria desenvolvido pelas CPCJ’s e não tem uma influência significativa nas mudanças sociais observadas ao longo do tempo nas comunidades. ---------- Abstract ---------- Community Coalitions are privileged endeavors to activate social resources and address problems that a single organization, service or group cannot autonomously solve or overcome. With this proposal we aim to present a multi-method study that explores antinomies and complementarities of preventive efforts and the search for articulated response to child abuse and neglect. Key-Informant Interviews (N=33), were conducted in Portugal (nationwide) to presidents of county Commissions for the Protection of Children & Youth, probing to understand their priorities, the perceived levels of goal attainment, to document successful collaborative efforts, and identify preventive and articulated response at the community level. Perceived effectiveness questionnaires (N=244) were validated to members of these community councils. Results indicate that though these coalitions are created by Law (147/99, Sept 1st), which provided a common set of procedures and aims, facilitating the emergence of patterns for organizational, procedural and result analysis, the achievements and actions have a high degree of variance determined by the location of the commissions (Urban/ Rural), by the length of time in place. Significant differences were also found in the variables associated with social climate (shared power in decision making; conflict resolution, inclusive leadership and the presence of a shared mission) that are positively correlated with the perceived influence and effectiveness concerning the coalition’s work with the community. No significant correlations were observed with the social climate factors and changes in the community overtime.
Descrição: Tese submetida como requisito parcial para obtenção do grau de Doutoramento em Psicologia especialização em Psicologia Comunitária
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/1769
Aparece nas colecções:PCOM - Tese de doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TES MONI1.pdf8,98 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.