Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/1615
Título: Bem-estar e estratégias de gestão das exigências em professores portugueses dos diferentes níveis de ensino
Autor: Patrão, Ivone Alexandra Martins
Pinto, Carina
Rita, Joana Santos
Palavras-chave: Bem-estar
Professores
Nível Ensino
Data: 2012
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Citação: In L. Mata, F. Peixoto, J. Morgado, J. C. Silva & V. Monteiro (Eds.), Actas do 12.º Colóquio Internacional de Psicologia e Educação: Educação, aprendizagem e desenvolvimento: Olhares contemporâneos através da investigação e da prática (pp. 575-585). Lisboa: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: O bem-estar dos professores é considerado essencial para o sucesso de todo o projecto educativo. Tendo em conta todas as mudanças sociais e políticas o burnout começa a ser um problema social de extrema relevância (Capelo & Pocinho, 2009; Benevides-Pereira & Yaegashi, 2009; Carlotto, 2002; Carlotto & Câmara, 2008; Pinto, Lima & Silva, 2003; Picado, 2010; Rita, Patrão & Sampaio, 2010, Correia, Gomes & Moreira, 2010). A exaustão emocional e a falta de realização profissional são os aspectos mais desmarcados, que implicam o recurso a estratégias inadequadas por parte dos professores na gestão das situações de conflito em todo o contexto escolar. Este estudo teve como objectivo a avaliação do bem-estar e das estratégias de gestão das exigências em professores de todos os níveis de ensino. A amostra é constituída por 170 professores portugueses que preencheram o CBP-R (questionário burnout professores revisto, Patrão, Rita & Maroco, 2012) e a CJS (Coping Job Scale, Latack, 1986). Os resultados indicam que os professores do Ensino Básico apresentam níveis inferiores de bem-estar, uma vez que têm mais preocupações profissionais, maior exaustão emocional, falta de reconhecimento profissional e maiores níveis de stress de papel comparativamente com os professores do Ensino Secundário. Relativamente às estratégias os professores no geral recorrem a estratégias menos eficazes para gerir as exigências na gestão da relação com os alunos e pais, contudo não existem diferenças significativas entre os diferentes níveis de ensino.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/1615
ISBN: 978-989-8384-15-7
Aparece nas colecções:UIPS - Actas de reuniões cientificas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CIPE 2012 575-585.pdf207,57 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.