Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/1610
Título: Motivação para a aprendizagem e percepção de clima de sala de aula em alunos do 2º ano de escolaridade
Autor: Rosa, Nádia Silva
Mata, Maria de Lourdes Estorninho Neves
Data: 2012
Editora: ISPA - Instituto Universitário
Citação: In L. Mata, F. Peixoto, J. Morgado, J. C. Silva & V. Monteiro (Eds.), Actas do 12.º Colóquio Internacional de Psicologia e Educação: Educação, aprendizagem e desenvolvimento: Olhares contemporâneos através da investigação e da prática (pp. 1169-1184). Lisboa: ISPA - Instituto Universitário
Resumo: O presente trabalho pretende caracterizar a motivação para a aprendizagem e as percepções de clima de sala de aula em crianças no início de escolaridade e estudar a sua diferenciação em função de variáveis como o género e o desempenho. Participaram no estudo 126 crianças que frequentavam o 2º ano de escolaridade do ensino básico, na região de Lisboa. Para cumprir os nossos objectivos houve necessidade de proceder à adaptação de instrumentos que se adaptassem ás características dos participantes. A escala de Motivação para a Aprendizagem ficou constituída por 4 dimensões: Prazer/Valor, Pressão, Competência Percebida e Reconhecimento Social. A escala de Clima de Sala de Aula contemplava duas dimensões: Suporte Social do professor e Suporte Social dos Colegas. No que se refere à percepção de clima de sala de aula, os nossos resultados não identificaram diferenças nem relativamente ao género, nem ao desempenho escolar. Estes alunos independentemente dos seus níveis de desempenho ou do género evidenciaram níveis positivos no suporte social, embora globalmente o nível de Suporte do Professor fosse sempre mais positivo que o dos Colegas. O perfil motivacional da globalidade dos participantes mostrou-se diferenciado, sendo o Prazer/Valor atribuído à aprendizagem a dimensão com valores mais elevados, seguindo-se o Reconhecimento Social. Estes estudantes evidenciaram sentir baixos níveis de Pressão/Tensão face às aprendizagens. À semelhança do relatado em alunos mais velhos, identificaram-se diferenças em função do desempenho sentindo os alunos com melhor desempenho, menos Pressão e mais Prazer/Valor face às aprendizagens. Não se verificaram quaisquer diferenças em relação ao género.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/1610
ISBN: 978-989-8384-15-7
Aparece nas colecções:UIPCDE - Actas de reuniões cientificas
PEDU - Actas de reuniões cientificas

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CIPE 2012 1169-1184.pdf599,88 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.