Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/1277
Título: Estudo das dificuldades encontradas em 2000 pelos alunos na resolução da prova de aferição de matemática - 4º ano
Autor: Guerra, Maria José da Cruz Nunes
Palavras-chave: Psicologia educacional
Matemática
Aprendizagem
Constructivismo
Ensino
Dificuldades de aprendizagem
Educational psychology
Mathematics
Learning
Constructivism
Teaching
Learning difficulties
Data de Defesa: 2002
Editora: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Resumo: Esta dissertação é um estudo sobre as dificuldades e os erros dos alunos do 4o ano de escolaridade na realização de 14 itens das provas de aferição de Matemática de 2000, que tinham revelado mais dificuldade. Na análise das concepções e dificuldades dos alunos tivemos como referência os estudos de vários autores, nomeadamente Piaget, Vergnaud, Vygotsky, Brissiaud, Borasi, entre outros. Vergnaud (1986) chama a atenção para a importância da análise dos erros, pois estes fornecem indicadores do modo como se está a desenrolar o conhecimento. Borasi (1987) considera os erros como meios poderosos de diagnóstico das dificuldades de aprendizagem, podendo ser utilizados como instrumentos educacionais no ensino da matemática. O estudo é um estudo descritivo, com uma preocupação secundária de comparação entre escolas de meio rural e de meio urbano. A amostra é constituída por 118 alunos de 7 escolas da zona interior centro do país. A amostragem das escolas foi de conveniência. As idades variaram entre 9 e 12 anos, mas a maioria tinha 10 anos. Os instrumentos utilizados foram a entrevista individual de tipo piagetiano audiogravada, e um questionário, constituído por 10 questões. A análise dos resultados foi realizada tendo em conta simultaneamente as produções escritas e os protocolos resultantes das entrevistas. Oito dos 14 itens foram sujeitos a uma análise de conteúdo. As respostas dos alunos aos questionários foram também objecto de uma análise de conteúdo. As dificuldades encontradas residiram em: i) identificar números com zeros em posições intermédias; ii) descrever, com rigor, sólidos geométricos; iii) utilizar a noção de perímetro; iv) converter unidades de medida; v) realizar operações com números decimais; vi) utilizar processos sistemáticos na contagem de possibilidades em exercícios que envolviam a combinação de vários objectos segundo uma regra enunciada. O estudo termina com a apresentação de algumas implicações, tanto a nível pedagógico como a nível de futuras investigações.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/1277
Aparece nas colecções:PEDU - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM GUER-M1.pdf8,86 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.