Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/1214
Título: Teoria da vinculação: O salto do comportamento para o nível da representação
Autor: Maia, Joana Branco
Veríssimo, Manuela
Palavras-chave: Modelos internos dinâmicos
Metodologias narrativas
Tarefas semiprojectivas de completamento de histórias
Representações de vinculação
Internal working models
Narrative methodologies
Semi-projective story completion tasks
Attachment representations
Data: 2011
Editora: Colégio Internato dos Carvalhos
Citação: Psicologia, Educação e Cultura, 15(2), 380-393
Resumo: Nos últimos 30 anos, temos assistido, no contexto da investigação empírica sobre as implicações desenvolvimentais da vinculação durante o período pré-escolar, a um aumento significativo da utilização de metodologias semi-projectivas de elicitamento de narrativas, frequentemente operacionalizadas sob a forma de tarefas de completamento de histórias (e.g., Attachment Story Completion Task). Apontadas como uma forma válida de estudar a qualidade e a organização dos Modelos Internos Dinâmicos (MID) de vinculação a sua crescente aplicação parte da crença de que poderão funcionar, metaforicamente falando, como uma janela para o mundo interno da criança, susceptível de providenciar informação não obtenível pelos tradicionais métodos standard de avaliação psicológica. O presente artigo procura discutir potencialidades e riscos da utilização deste tipo de metodologias para a compreensão da estrutura, conteúdo, determinantes e evolução dos modelos internos de crianças em idade pré-escolar, tomando como exemplo o Attachment Story Completion Task. ------ ABSTRACT ------ In the last 30 years, the research field on attachment developmental implications, and specially in what concerns the preschool years, has witnessed a considerable growth in the use of semi-projective narrative methodologies, frequently in the form of story completion tasks (e.g., Attachment Story Completion Task. Pointed out as a valid way of studying the quality and the organization of children’s attachment Internal Working Models (IWM), the intensification in its’ application stands on the belief that this type of tasks can, metaphorically speaking, represent a window to the child’s internal world. The present article aims to discuss potentialities and risks implied in the use of this type of methodologies for a deeper understanding of the structure, content, roots and evolution of preschoolers’ IWM, considering the Attachment Story Completion Task as an example.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/1214
ISSN: 0874-2391
Aparece nas colecções:UIPCDE - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PEC 15(2) 380.pdf154,25 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.