Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/1186
Título: Vinculação e sistemas de prestação de cuidados em dependentes de substâncias em tratamento. Adaptação portuguesa do questionário de prestação de cuidados
Autor: Torres, Nuno
Oliveira, Diogo
Palavras-chave: Vinculação do adulto
Prestação de cuidados
Caregiving
Dependência de substâncias
Comunidade terapêutica
Programa de metadona
Adult attachment
Adult caregiving
Addictions
Therapeutic communities
Methadone
Data: 2010
Editora: Instituto da Droga e da Toxicodependência, IP
Citação: Revista Toxicodependências, 16(2), 3-14
Resumo: Muitos indivíduos dependentes de substâncias têm padrões inseguros de vinculação e receio da intimidade nas suas relações próximas com os pais, os pares e os parceiros íntimos. Entender o papel que a regulação das relações de vinculação e de prestação de cuidados emocionais desempenha nas trajectórias de vida e de tratamento de pessoas dependentes de substâncias é uma área importante para a prevenção, tratamento e prevenção das recaídas. Neste estudo procedeu-se à adaptação do questionário de prestação de cuidados (caregiving questionnaire) para a língua portuguesa. Participaram nesta investigação 116 sujeitos integrados em tratamento: 65 em três Comunidades Terapêuticas e 51 em dois Programas de Metadona, com idade média de 36 anos, sendo que 72% dos participantes são do sexo masculino. Foi aplicada a Escala de Vinculação do Adulto (Canavarro, 2006) e a adaptação do Questionário de Prestação de Cuidados (Caregiving Questionnaire de Kunce & Shaver, 1994). A adaptação do questionário de prestação de cuidados apresenta valores satisfatórios ao nível da consistência interna e os resultados confirmam a integração entre os sistemas de vinculação e de prestação de cuidados. As variáveis indicadoras de disfuncionalidade familiar revelaram efeitos significativos nos sistemas de prestação de cuidados e de vinculação. ------ ABSTRACT ------ Insecure attachment patterns and avoidance of intimacy in close relationships with parents, peers and partners is very prevalent in substance abusers addicts. It is important to understand the role played by regulation of intimate relationships, particularly attachment and caregiving, in the life trajectories, and in the success of substance abuse treatments and prevention programs. The present study comprises the Portuguese adaptation of the caregiving questionnaire in a sample of substance abusers in treatment. Participants were 116 substance abusers undergoing treatment in three Therapeutic Communities and two methadone programs, with a mean age of 36 years, and 72% males. Instruments used were the Adult Attachment Scale and the Caregiving questionnaire. The Portuguese adaptation showed robust psychometric properties. Results support the hypothesis of association between attachment and care giving systems in adults. Family dysfunction variables had significant associations with insecure attachment and poor caregiving scores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/1186
ISSN: 0874-4890
Aparece nas colecções:UIPCDE - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RT 16(2) 3.pdf151,75 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.