Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/1129
Título: A perturbação pós-stress traumático nos socorristas de emergência pré-hospitalar: Influência do sentido interno de coerência e da personalidade
Autor: Marcelino, Dália Silva
Figueiras, Maria João
Palavras-chave: Emergência pré-hospitalar
Perturbação Pós-Stress Traumático (PTSD)
Sentido interno de coerência e personalidade
Tripulantes de ambulância
Ambulance personnel
Post-traumatic stress disorder (PTSD),
Prehospital emergency
Sense of coherence and personality
Data: 2007
Editora: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Citação: Psicologia, Saúde & Doenças, 8 (1), 95-108
Resumo: Este estudo teve como objectivos (1) caracterizar a PTSD, de acordo com os critérios de diagnóstico do DSM-IV-TR nos socorristas de emergência pré-hospitalar, (2) analisar o padrão de inter-relação entre as variáveis de caracterização da amostra, a PTSD, o sentido interno de coerência e a personalidade, e (3) investigar se existiam diferenças em relação às variáveis em estudo, no que se refere ao género, e entre os socorristas que apresentam sintomas da PTSD e os que não apresentam. A amostra foi constituída por 56 socorristas, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre 18 e 55 anos. Os resultados sugerem que 64% dos socorristas apresentam sintomas da PTSD. Verificámos que os socorristas com mais de sintomas da PTSD, têm mais anos de profissão, menor sentido interno de coerência, extroversão, abertura a novas experiências, amabilidade e conscienciosidade. As mulheres têm mais sintomas da PTSD que os homens (não sendo esta diferença significativa) e os homens apresentam uma melhor capacidade de percepcionar, interpretar e dar significado às experiências traumáticas. Estes resultados são congruentes com os encontrados em estudos anteriores. ------ ABSTRACT ------- The aims of this study were to (1) investigate the levels of Posttraumatic Stress Disorder (PTSD) in emergency ambulance personnel (2) to analyse the pattern of intercorrelation between socio-demographic variables, PTSD, sense of coherence, and personality, and (3) to investigate possible gender differences between the above variables. Fifty six participants completed a self-administered questionnaire, mean age ranging from 18 to 55 years old. The results indicated that 64% of the sample shoe symptoms of PTSD, and those also show lower sense of coherence, extroversion, openness, agreeableness and conscientiousness. There are gender differences on perception and interpretation of traumatic experiences, in which men show higher sense of coherence. These results are congruent with previous studies on this area.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/1129
ISSN: 1645-0086
Aparece nas colecções:PSAU - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PSD 2007 8(1) 95-108.pdf107,2 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.