Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.12/1069
Título: A personalidade da mãe permatura
Autor: Botelho, Teresa Margarida Morais Pita
Leal, Isabel Pereira
Palavras-chave: Feminino
Maternidade
Parto pré-termo
Personalidade
Prematuridade
Psicologia da gravidez e da maternidade
Motherhood
Personality
Premature mothers
Data: 2007
Editora: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Citação: Psicologia, Saúde & Doenças, 8 (1), 129-144
Resumo: Determinar a estrutura da personalidade de mulheres que sofreram um parto prematuro consubstanciou a questão de investigação, operacionalizada num desenho metodológico de cariz exploratório, observacional e transversal. A amostra, recolhida em duas instituições de saúde na área da Grande Lisboa, foi constituída por 301 mães prematuras. O protocolo de avaliação baseou-se em dois instrumentos: Inventário da Personalidade NEO-Revisto (Modelo dos Cinco Factores) e um Questionário de Caracterização da Amostra. O personalidade de personalidade evidenciado caracteriza-se pela elevada Extroversão (E; p=0,0001) e pelo baixo Neuroticismo (N; p=0,0001). Assim, as participantes revelam ser pouco hostis (N2; p=0,0001), pouco deprimidas (N3; p=0,0001), pouco vulneráveis (N6; p=0,02) e menos auto-conscientes (N4; p=0,02). São mais assertivas (E3; p=0,0001), mais activas (E4; p=0,0001) e têm mais emoções positivas (E6; p=0,0001). Valorizam pouco a estética (O2; p=0,01) e as acções (O4; p=0,02), mas revelam ter mais ideias (O5; p=0,0001) e mais valores (O6; p=0,04). São altruístas (A3; p=0,04), auto-disciplinadas (C5; p=0,002) mas menos deliberadas (C6; p=0,03) atribuindo pouca importância ao dever (C3; p=0,0001). Assume-se que a elevada extroversão e os intensos níveis de actividade constituem um factor de risco para uma gravidez de termo. ------ ABSTRACT ------ The main objective of the study was to determine the personality structure of women who delivered prematurely. Based on an exploratory, observational and transversal research design, a sample of 301 premature mothers was obtained in 2 health institutions on the outskirts of Lisbon. The research protocol was based on the Revised NEO Personality Inventory (Five-Factor Model) and a Sample Questionnaire. The personality profile is high in Extroversion (E; p=0,0001) and low in Neuroticism (N; p=0,0001). The participants can be characterized as not being hostile (N2; p=0,0001), vulnerable (N6; p=0,02) depressed (N3; p=0,0001) or self-conscious (N4; p=0,02). Instead they are assertive (E3; p=0,0001), active (E4; p=0,0001) and have more positive emotions (E6; p=0,0001). Although they do not appreciate aesthetics (O2; p=0,01) and actions (O4; p=0,02), they are prone to having more ideas (O5; p=0,0001) and values (O6; p=0,04). Altruistic (A3; p=0,04), self-disciplined (C5; p=0,002), less deliberate (C6; p=0,03) they are not very committed to duty (C3; p=0,0001). The high extroversion and activity levels may place full-term pregnancy at risk.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.12/1069
ISSN: 1645-0086
Aparece nas colecções:PSAU - Artigos em revistas nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PSD 2007 8(1) 129-144.pdf124,2 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.